De volta ao ES, Leoni fala sobre Beatles, shows e internet

Por 14:08

A próxima apresentação do cantor em Vitória acontece nesta quinta-feira (14), pelo Projeto Sócio de Carteirinha, no Teatro do Sesi

Nome de destaque na história da música popular brasileira, Leoni volta ao Espírito Santo para fazer duas apresentações especiais. A primeira acontece nesta quinta-feira (14), a partir das 21h, ao lado da banda Clube Big Beatles, onde o músico irá interpretar apenas músicas do quarteto de Liverpool, pelo Projeto Sócio de Carteirinha.

Já a segunda apresentação, que contará com a presença da Orquestra Camerata Sesi, está marcada para acontecer no dia 9 de junho. Ambas serão realizadas no Teatro do Sesi em Vitória.

Leoni e os Beatles
O músico conta que adora o repertório dos Beatles, com o qual já teve contato em outras ocasiões. Além de já ter participado do Projeto Sócio de Carteirinha em 2009, Leoni participou do projeto Banco do Brasil Covers, em 2013, cantando e tocando músicas do quarteto de Liverpool, ao lado de nomes como Dado Villa-Lobos, João Barone, Toni Platão e Liminha.

“A gente tinha um repertorio só de Beatles. Umas 30 músicas. E eu achava o máximo, me divertia horrores. Agora, vou voltar a tocar Beatles. Pra mim, o repertorio deles é o melhor repertório de música pop, de qualquer banda de qualquer tempo. Então, é sempre uma diversão”, conta Leoni.

Para ele, a iniciativa do Clube Big Beatles de convidar nomes da MPB para cantar músicas do quarteto é interessante para mostrar como a banda influenciou os artistas brasileiros de diferentes formas, pois cada um tem suas preferências.

“Acaba sendo um show diferente. [...] Por exemplo, eu estava conversando com o Vinícius Cantuária, que será um dos próximos, e ele não escolheu nenhuma música igual a minha. O show dele é inteiramente diferente do meu, é mais a primeira fase dos Beatles, coisas mais delicadas. Eu escolhi a fase mais rock’n’roll, mais pra cima. Então, cada artista tem a sua visão dos Beatles”, afirma.

Leoni e a orquestra
Em junho, o cantor se apresenta novamente no Teatro do Sesi, porém, dessa vez, acompanhado pela Orquestra Camerata Sesi. Os ingressos já estão sendo vendidos na bilheteria do teatro. Ele, que ainda não conhece quais serão os arranjos, conta que está muito curioso para saber como será esse show.

“Eu já fiz shows acompanhado de quartetos de cordas e foi uma das coisas mais bonitas que eu já fiz na minha carreira. É muito legal. É outra música, quando você toca com um conjunto desses. Então, eu não sei como vai ser. [...] Mas a minha expectativa é que seja uma coisa muito lírica, muito emocionante”, afirma.

Leoni e a internet
Com mais de 30 anos de carreira, o cantor parece acompanhar as mudanças de seu tempo. Leoni aposta na internet não apenas para divulgar e lançar seus trabalhos, mas também para se posicionar politicamente sobre o que acontece no Brasil e no mundo. Recentemente, ele manifestou apoio nas redes sociais ao movimento #OcupaSecult, liderado por artistas capixabas contra o corte de 67% no orçamento da cultura pelo Governo do Estado.

“Acho que mesmo quem não se manifesta de alguma forma está se posicionando. A gente sempre faz política, em geral, pela omissão. E isso significa apoiar a manutenção das coisas como estão. Quando você expressa um determinado apoio, uma determinada posição é mais fácil fazer a diferença. Eu acho que o artista precisa se manifestar, porque é um cidadão como qualquer outro e as pessoas de alguma forma esperam saber o que ele pensa”, afirma o músico.

Além de criar um ambiente de debate nas redes, Leoni também utiliza a internet e seus recursos para desenvolver e divulgar seu trabalho. Desde 2008, ele disponibiliza, para quem estiver cadastrado em seu site, uma nova música por mês, de forma totalmente gratuita. A ideia deu tão certo que resultou na gravação de um CD/DVD Ao Vivo chamado “A Noite Perfeita”.

“Eu tinha achado que o CD já tinha cumprido sua função. E que as pessoas estavam ou baixando músicas de graça ou comprando singles no itunes e os discos estavam despertando menos interesse. Então, eu comecei a dar as músicas de graça. Acabou que gerou um disco que eu gravei ao vivo num show no Circo Voador em 2010. E aí as pessoas que me acompanhavam pela internet, quando foram lá conferir, essas músicas inéditas não eram inéditas pra elas. Elas já conheciam e cantaram junto. Pra mim, foi muito bacana ter essa resposta do público de que aquilo estava funcionando e de que as pessoas querem ouvir música nova”, explica.

Além disso, Leoni está prestes a lançar um novo disco, chamado “Notícias de Mim”, que foi totalmente patrocinado pelos seus próprios fãs. Ele criou um projeto no Catarse, uma plataforma online de financiamento coletivo, para arrecadar R$120 mil para a produção do CD. “Eu já mandei fabricar. E aí quem contribuiu vai receber uma edição especial de colaborador. E depois que eles receberem eu começo a divulgar o disco comercialmente”, conta.

Leoni em Vitória
O músico está com duas apresentações marcadas para este ano em Vitória. Na próxima quinta-feira (14), a partir das 21h, Leoni participa do Projeto Sócio de Carteirinha, interpretando clássicos dos Beatles ao lado da banda Clube Big Beatles, no Teatro do Sesi. Os ingressos custam R$20 a meia-entrada e serão vendidos na bilheteria do teatro no dia do evento a partir das 18h.

“[O capixaba] é um público muito legal. Eu toquei aí muitas vezes, realmente. Toquei no Barracústico, inaugurei o Ilha Acústico com o Frejat, já toquei no Álvares Cabral. Faz um tempo que eu não volto e, agora, vou duas vezes seguidas”, comenta Leoni. A segunda apresentação está prevista para acontecer em junho, no mesmo teatro.

0 comentários