Rugby ensina superação dentro e fora do campo

Por 14:39

O Vitória Rugby Club é o primeiro time de rugby do Espírito Santo e vê o esporte não só como um lazer, mas também como um estilo de vida

O rugby é um esporte coletivo de origem inglesa geralmente praticado em campo de grama natural ou artificial. Mas entre as regras do jogo há uma que chama atenção dos brasileiros acostumados com o futebol: só é permitido passar a bola com as mãos.

O que para alguns é apenas mais uma modalidade esportiva, para outros é como um estilo de vida. Esse é o caso dos atletas do Vitória Rugby Club, o primeiro time de rugby do Espírito Santo, inaugurado em 2007. Em 2010, o time passou a contar também com uma equipe feminina e atualmente segue em atividade sempre em busca dos melhores resultados, com o objetivo de manter o esporte vivo e em ascensão no estado.

Segundo Isabela Sant’Anna, capitã e preparadora física da equipe feminina do Vitória Rugby Club, a modalidade esportiva possui uma ideologia baseada no respeito, no trabalho em equipe, na paixão pelo esporte e em muita disciplina. “O rugby não é apenas um esporte que você apenas pratica e aquilo se encerra a partir do momento em que o treino acaba ou uma competição encerra. O rugby vai muito além disso”, diz.

Ela conta que conheceu o esporte durante o curso de Educação Física na Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes). Foi o rugby que a ajudou a superar a perda repentina de sua mãe após um acidente de carro em 2012. “Eu me identifiquei muito com esporte e com a sua ideologia. [...] Comecei a sair do estado de tristeza que eu estava e tracei o rugby como um novo objetivo, não só como diversão, mas como algo que eu levaria pra vida. E tirei do esporte a lição que eu precisava aprender para continuar minha vida”, explica Isabela.

É por isso que para ela e para muitas outras atletas o esporte é visto como uma ferramenta de superação tanto dentro quanto fora do campo. “O tempo que você perde se lamentando no chão quando é derrubado por um adversário é o tempo em que sua equipe está com um a menos e que você poderia estar ajudando. Se cair se levante o mais rápido possível e procure sempre algo em que você pode fazer para mudar essa situação, se lamentar nunca leva a algum lugar”, comenta Isabela.

O time feminino conta com cerca de 25 atletas e já conquistou importantes prêmios ao longo dos anos, como o primeiro lugar no Campeonato Carioca em 2013. Inclusive, duas das atletas do Vitória Rugby Club, Thamara Rangel e Marcela Scalzer, já fizeram parte da seleção brasileira. A equipe masculina também tem mostrado importantes resultados, tendo sido vice-campeã do Campeonato Fluminense de Rugby XV em 2013.

O Vitória Rugby Club treina semanalmente no campo da Pedra da Cebola, em Vitória, e está aberto a receber novos integrantes durante os treinos que acontecem às segundas e quartas-feiras, às 19h, e aos sábados, às 9h. Agora, o time se prepara para participar de mais uma etapa do Campeonato Carioca, com jogos neste domingo (26) e no dia 24 de julho. Além disso, vem aí o Circuito Brasileiro, com disputas em setembro, outubro e novembro deste ano. Para saber mais sobre o time, acesse aqui sua página no Facebook.

0 comentários